Publicado por: Keyla Cristina | 12 junho, 2008

Devocional – Dia 3 – O Segundo Estágio da Santidade

Introdução

Consulte o banco de dados de sua memória por um momento, remetendo-se a última cerimônia de casamento que você participou. Lembra-se daqueles votos solenes que você ouviu? Você não teve a impressão distinta de que aquele homem e aquela mulher estavam suplicando para serem devotos um ao outro pelo resto de suas vidas, mesmo na “saúde ou na doença, na riqueza e na pobreza, até a morte os separasse”? Eles tomaram uma decisão maior em suas vidas para se dedicarem um ou outro pelo resto de suas vidas.

Contanto que aquele pacto matrimonial seja honrado e não destruído pelo divórcio ou dissolvido pela morte, aquele poderoso compromisso de devoção e amor permaneceria em vigor. Ainda que aquele casal possa celebrar seus votos a cada ano em seu aniversário, sua decisão ocorreu apenas uma vez. A decisão foi tomada uma vez, a celebração múltiplas vezes.

O que a Bíblia Ensina

O Segundo Estágio da Santidade é o lado oposto da primeira.

Deus voluntariamente deu Seu amor e nos reservo para recebermos Sua leal devoção. Neste segundo tipo de Santidade, nós voluntariamente respondemos ao amor do Senhor para conosco e depois nos dedicamos a Ele acima de todos os outros.

Já que a raiz do significado de santidade é “ser separado” ou “consagrado” ou “dedicado a”, você pode facilmente ver que se uma pessoa decidisse entregar-se por inteiro, de todo o coração ao Senhor e viver para Ele, esta pessoa seria profundamente preenchida pelo verdadeiro significado da santidade.

Esta é a segunda chave para a santidade pessoal. E é grandiosa. De fato, estou convencido de que sem quebrantamento nesta área, uma pessoa nunca irá se tornar uma verdadeira pessoa de santidade. Por quê? Ela não quer ter o coração que realmente busca a santidade pessoal. Ela sentirá que o que a Bíblia ensina é muito duro para ela. Sentirá que deveria viver sua vida de forma diferente, mas seu coração não terá vontade o suficiente para viver isso. O preço a ser pago será muito alto. O apóstolo Paulo foi um inacreditável homem de santidade e sabia o poder deste tipo de Compromisso de Vida e então, exorta a outros a se juntarem a ele em Romanos 12.1

“Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”.

Que verso incrível! O apóstolo Paulo literalmente está implorando a você para apresentar-se (dedicar, entregar-se) a Deus como um sacrifício. Veja, este é um passo opcional. As pessoas para quem Paulo estava escrevendo já eram cristãos, mas elas ainda não tinham tomado este passo a mais. Elas acreditavam em Cristo como seu salvador pessoal, mas não tinham respondido através de “apresentar” suas vidas a Ele como um “sacrifício vivo”.

No Antigo Testamento, o único valor do sacrifício era se ele morresse. A pessoa trazia um cordeiro vivo ao altar e depois o sacrificava matando-o. Se o cordeiro não morresse, não seria válido para o sacrificador. No Novo Testamento, não há nenhum cordeiro exceto Jesus Cristo e Ele já morreu e nada mais poderá ser sacrificado. Como você pode imaginar, Paulo chocou as pessoas em Roma com sua exortação para serem um sacrifício “vivo”.

Para você meditar

Quando você sacrificou o cordeiro, ele morreu por completo. Nada sobrou de sua vida. No processo da morte ele ofereceu seu pleno valor. Do mesmo modo, meu amigo, você pode subir ao altar que fica no céu neste exato momento e colocar outro cordeiro sobre o altar – você mesmo. Mas, diferente do cordeiro real que tinha valor somente quando morria, você é um cordeiro vivo cujo valor para o Criador repousa no seu viver e não no seu morrer.

Mas, por que a Bíblia insiste que nos apresentemos a Deus como um sacrifício vivo? Porque se nós não nos apresentarmos, não vivemos nossas vidas “separadas” para Deus, mas pelo contrário “separadas” de Deus pelo egoísmo. Mas quando você se oferece de boa vontade e voluntariamente a Deus, você se separa deste mundo, até mesmo de seus próprios desejos, e se separa para o Senhor. Talvez seja o motivo pelo qual Paulo disse em Romanos 12.1

“…que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus…”

Percebe a palavra “santo”? Quando você se dedica a Deus, Ele vê este ato tão “santo” como é uma separação para Ele com os desejos e intenções do seu coração.

Quando Jesus completou 8 dias, seus pais fizeram algo muito similar:

“Passados os dias da purificação deles segundo a Lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para o apresentarem ao Senhor, conforme o que está escrito na Lei do Senhor: Todo primogênito ao Senhor será consagrado;” (Lucas 2.22-23)

Percebe a combinação? Eles apresentaram Jesus porque o Senhor já tinha designado o primogênito de cada família israelita como separado para Ele (santo). Mas, você notou o que os pais de Jesus fizeram? Eles sabiam como Deus sentia em relação a esse assunto por isso responderam apresentando ou dedicando ou consagrando Jesus ao Senhor.

É isso! Percebe, você pode não somente apresentar-se completamente ao Senhor, mas também seus filhos. Finalmente, de qualquer forma, eles devem, mais tarde, escolher por si mesmos se irão continuar aquela apresentação ou quebrar o pacto pela rebelião e egoísmo.

Pense por um momento sobre a sua vida. Houve algum momento em sua vida quando você respondeu ao Senhor entregando-a totalmente a Ele? Morrer para si mesmo enquanto ainda continua vivo – então, você pode realmente viver para Ele? Se não, o amanhã é seu destino. Até lá, comece a pedir – não – comece a implorar ao Senhor que o prepare para caminhar rumo ao Seu Altar e tomar este próximo passo estratégico em se tornar uma pessoa segundo o próprio coração de Deus.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: