Publicado por: Paulo Henrique | 9 julho, 2008

De todas as famílias da terra a vós somente conheci; portanto, todas as vossas injustiças visitarei sobre vós. (Am 3:2)

Em uma entrevista pela revista “Isto é” o médico psiquiatra Roberto Shinyashiki disse estar cansado dos jogos de aparências que tomaram conta das corporações e das famílias. “Hoje, como as pessoas não conseguem nem ser nem ter, o objetivo de vida se tornou parecer. As pessoas parece que sabem, parece que fazem, parece que acreditam. E poucos são humildes para confessar que não sabem. (…) O mundo precisa de pessoas mais simples e verdadeiras.”

 

Infelizmente essa é uma realidade que também tem acontecido dentro das igrejas. Quantas pessoas que aparentemente apresentam uma espiritualidade elevada, mas na verdade estão representando um papel, como se estivessem estrelando uma peça teatral. São as primeiras pessoas a chegar na igreja, participam do louvor, cumprimentam todos os irmãos, são atenciosos e carinhosos, oram, levam suas bíblias, entregam seus dízimos e ainda tem um bom relacionamento com o pastor. Mas, lamentavelmente, no dia a dia não tomam atitudes que condizem com a de um cristão. São impacientes, se irritam com facilidade, procuram tirar vantagens em algum negócio, são sovinas, adoram serem elogiados, não se importam de participar de qualquer conversa infrutífera, são mexeriqueiros, lascivos, arrogantes, prepotentes, enfim, poderia enumerar uma série de outras atitudes.

 

Todos nós temos alguma dificuldade em alguma área e mesmo procurando com todas as forças agradar a Deus, podemos incorrer em alguns desses erros. A questão não é ser perfeito, mas buscar a perfeição. Não podemos nos acomodar, achando que está tudo bem, que o importante é continuar mantendo as aparências. Deus não está preocupado se parecemos ou não uma pessoal mais espiritual, mas se efetivamente nós somos espirituais. Não adianta continuar indo à igreja e participarmos da liturgia se não buscarmos uma consagração diária a Deus em várias áreas de nossas vidas.

 

Muitos acham que pelo fato de serem membros de uma igreja já é o suficiente para sua salvação, não precisam se preocupar com mais nada, a não ser em participar dos cultos e ter uma aparência espiritual. Amós estava alertando o povo de Deus da época. Não é porque eles eram o povo escolhido que Deus deixaria de castigá-los, assim como faria com outros povos. Deus não pode de maneira alguma negar seu caráter santo, não importa quem esteja envolvido.

Irmãos, precisamos repensar nossa vida diante da igreja. Será que nós temos efetivamente buscando um crescimento espiritual ou estamos nos acomodando e buscando uma aparência que não corresponde à realidade. Como professor, uma das grandes dificuldades que tenho na minha profissão é tentar fazer com que alguns alunos não se preocupem somente em “tirar uma boa nota pra passar”, mas que eles valorizem e se aprofundem nos conteúdos que são discutidos em sala de aula. Que eles não se preocupem somente em ter um diploma universitário, mas também em ser verdadeiros profissionais competentes em suas áreas.

 

Assim como espero isso de meus alunos, acredito que é justamente o que Deus espera de nós. Não adianta ir à igreja, dizimar, louvar, enfim, participar de toda a liturgia, se não estamos trabalhando a espiritualidade no dia a dia, dentro dos nossos corações. Mais uma vez como cristão somos desafiados a fazer diferente do que se faz lá fora, ou seja, enquanto as pessoas estão preocupadas em parecer alguma coisa, nós devemos ser cristãos para justamente influenciar essas pessoas que buscam sua felicidade nas aparências.


Responses

  1. gostei e é isso mesmo que ta acontencendo mas se esses irmao nao tiver um atitude de mudança vai se cumprir o versiculo afastem de mim nao vos conheço


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: